É possível apostar em uma agricultura ainda mais sustentável sem afetar sua produtividade. Conheça aqui algumas chaves que podem nos ajudar a alcançá-lo.

Não é segredo que, nos próximos anos, tanto a agricultura global como a nossa terão de enfrentar um duplo desafio, do qual dependerá em grande medida o seu futuro e, porque não dizer, o bem-estar e a qualidade de vida da nossa sociedade em seu conjunto.

Por um lado, a agricultura é chamada, como fornecedora básica de alimentos para todas as pessoas que habitam este maravilhoso planeta, a responder com eficiência e eficácia às necessidades de abastecimento alimentar de uma população mundial cada vez maior. É necessário implementar todas as medidas que contribuam para garantir a produtividade das suas colheitas e a sua qualidade e segurança.

Mas, além disso, é imprescindível que se dê uma resposta eficaz a estas exigências da produção agrícola, em termos quantitativos e qualitativos, mantendo, e mesmo aumentando, o seu carácter sustentável , de forma a dar o seu contributo essencial no combate aos efeitos das alterações climáticas.

Assim e refletindo sobre as medidas que podem ser postas em prática para que a agricultura garanta um abastecimento alimentar adequado à população e, por sua vez, alcance este objetivo avançando simultaneamente para a configuração de um setor agrícola ainda mais sustentável e responsável com o meio ambiente. (…)

Continue a ler esta notícia aqui.

Fonte: Voz do Campo