ESTIMATIVAS PARA O PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2020: PIB E EMPREGO DIMINUEM NA ÁREA DO EURO, NA UE E EM PORTUGAL

As estimativas dos principais agregados do PIB e do emprego para o primeiro trimestre de 2020, em comparação com o trimestre anterior, revelam que o PIB diminuiu 3,6 % na área do euro, 3,2 % na UE e 3,8 % em Portugal. O emprego diminuiu 0,2 % na área do euro, 0,1 % na UE e 0,5 % em Portugal. Estas estimativas foram publicadas pelo Eurostat, o Serviço de Estatística da União Europeia. Estas foram as descidas mais acentuadas observadas desde o início da série cronológica em 1995. Em março de 2020, o último mês do período abrangido, começaram a ser amplamente introduzidas pelos Estados-Membros as medidas de confinamento da COVID-19. No quarto trimestre de 2019, o PIB cresceu 0,1 % tanto na área do euro como na UE e 0,7 % em Portugal. Em comparação com o trimestre homólogo do ano anterior, o PIB corrigido da sazonalidade diminuiu 3,1 % na área do euro, 2,6 % na UE e 2,3 % em Portugal no primeiro trimestre de 2020, após +1,0 %, +1,2 % e +2,2 %, respetivamente, no trimestre anterior. Trata-se da diminuição mais acentuada desde o terceiro trimestre de 2009 no que se refere à área do euro e à UE (-4,5 % para a área do euro e -4,4 % para a UE). O número de pessoas empregadas diminuiu 0,2 % na área do euro, 0,1 % na UE e 0,5 % em Portugal no primeiro trimestre de 2020, em comparação com o trimestre anterior. Trata-se da primeira diminuição na série cronológica desde o segundo trimestre de 2013 para a área do euro e desde o primeiro trimestre de 2013 para a UE. No quarto trimestre de 2019, o emprego aumentou 0,3 % na área do euro e 0,2 % na UE, tendo-se mantido inalterado em Portugal. Em comparação com o trimestre homólogo, o emprego aumentou 0,4 % tanto na área do euro como na UE e diminuiu 0,5 % em Portugal no primeiro trimestre de 2020 (após +1,1 %, +1,0 % e + 0,2 %, respetivamente, no quarto trimestre de 2019).

(Desenvolvimento neste sítio Web)

Fonte: Boletim Informativo da Comissão Europeia